Ligamos pra você

Blog

ATAQUES CIBERNÉTICOS: COMO SE PREVENIR?

Com os avanços da tecnologia, nossas ações ganham praticidade: fazer transações bancárias, pagamentos de contas e compras online por exemplo, são muito comuns no nosso dia a dia. Em contrapartida a essas vantagens, o grande acesso a rede para realizar esse tipo de transação atraem criminosos que espreitam para roubar dados sigilosos e cometer crimes cibernéticos.

O ataque cibernético é uma ação praticada por hackers, que consiste na transmissão de vírus em aparelhos eletrônicos (como celulares, computadores ou tablets) que infectam, danificam e roubam informações e demais banco de dados.

Segundo a empresa de antivírus Bitdefender, a cada 15 segundos um brasileiro é vítima de fraudes pela internet. Os delitos são variados, entre os mais comuns estão ameaças, roubo de dados pessoais, estelionato e fraudes financeiras.

Os ataques cibernéticos não visam apenas atingir computadores ou smartphones de uso pessoal, mas principalmente empresas e redes online de governos. O Técnico em Suporte Nível II da Tely Jean Charlie, alerta que a internet é um ambiente hostil, que nem sempre sabemos quem está do outro lado da tela, por isso é importante proteger seus dados de pessoas má intencionadas que podem além de roubar, expor dessas instituições, dados da empresa, de clientes e de fornecedores.

Em meio a esse cenário, é importante que os usuários fiquem alertas com as suas informações no meio digital, mas para se prevenir de ataques, é importante aprender a reconhecer os riscos, entendendo um pouco de como os hackers atuam e quais os golpes mais comuns da internet.

 

TIPOS DE ATAQUES CIBERNÉTICOS

Os crimes na internet, envolvem uma grande variedade de ações feitas por criminosos. Por isso é de extrema importância o conhecimento sobre as particularidades dos crimes mais comuns, para fazer um trabalho preventivo rotineiro.

Os ataques mais comuns são feitos através de phishing, spam e malwares. Alguns deles possuem características possíveis de reconhecer, portanto é importante atentar aos padrões desses golpes:

Phishing: Como o próprio nome já sugere, phishing vem de “pescaria”. Esse tipo de delito é utilizado pelos criminosos com a intenção de pescar informações pessoais, como número de contas bancárias, senhas de cartões e documentos, por exemplo. Eles infectam o usuário por meio de mensagens ou websites falsos.

Mensagens de phishing chegam ao seu e-mail parecendo ser enviadas por agências do governo, bancos ou empresas como o PayPal, por exemplo. Essas mensagens pedem por uma atualização de cadastro, validação ou confirmação de informações de sua conta. Ao clicar no link você é redirecionado para uma página falsa, onde é enganado e acaba fornecendo seus dados pessoais para os criminosos.

Spam: Muito conhecido pelos internautas, o spam é espalhado por links maliciosos enviados através de propagandas e mensagens eletrônicas disfarçadas de comerciantes, amigos ou membros da família. Essas mensagens abrem automaticamente sem a permissão do usuário. Geralmente, ele é enviado simultaneamente para um grande número de pessoas. Tem como finalidade captar informações de terceiros, assim como o phishing.

Malwares: Malware é a abreviatura para “software malicioso”. É considerado um tipo de software irritante ou maligno que pretende acessar secretamente um dispositivo sem o conhecimento do usuário. Hoje, existem vários tipos de malwares como vírus, cavalo de tróia, spyware, worms e ransomware, são os mais conhecidos.

Geralmente acessam o seu aparelho através da internet e e-mail, mas outras formas de infectar seu computador também acontecem, como através de sites invadidos, demonstrações de jogos, arquivos de música, barras de ferramentas, softwares, assinaturas gratuitas ou qualquer item baixado na internet para um aparelho que não esteja protegido com antivírus.

Conhecer os tipos mais comuns de golpes e crimes cibernéticos é imprescindível, mas para manter-se seguro é preciso colocar em prática o hábito da prevenção. Os usuários comuns e empresas devem incorporar, no seu dia a dia, hábitos para garantir a segurança de dados, como o uso de antivírus e a realização periódica de backup dos dados.

 

PREVENÇÃO PARA ATAQUES CIBERNÉTICOS

Uma estimativa feita pela Gartner, que é uma empresa de consultoria americana de tecnologia, afirma que, até 2020, cerca de 30% das 2000 maiores empresas globais serão surpreendidas por ataques de cibercriminosos.

Diante esse cenário, é preciso se prevenir a esses ataques, conhecer os riscos e utilizar a rede da forma mais segura possível.

Jean Charlie alerta que é preciso de uma empresa especializada em segurança da informação, que através de sua consultoria vai identificar as vulnerabilidades e riscos ao qual a sua empresa está exposta, avaliando assim, a melhor ação a ser realizada para proteger os dados dessa instituição.

Mas investir apenas na área de tecnologia da informação, não é suficiente. Para evitar ser alvo de ataques cibernéticos, se faz necessário um trabalho de prevenção que deve ser feito individualmente. Os cuidados devem partir de todos que acessam dados online. Apesar de ser um assunto muito abrangente, existem algumas ações básicas que podem minimizar o risco de um ataque cibernético nas empresas, como:

Cuidados rotineiros: Instruir os usuários é o primeiro passo para uma boa prevenção. Por exemplo, utilizar senhas mais complexas, não divulgá-las ou utilizar a mesma senha para todos os acessos são boas dicas. Também alterar as senhas regularmente é importante, no mínimo a cada 90 dias. Isso pode limitar o dano causado por alguém que já tenha obtido acesso à sua conta. Se você notar algo suspeito com uma de suas contas online, uma das primeiras coisas a fazer será alterar a sua senha.

Mesmo com o cuidado com senhas, e-mails estão vulneráveis a de malwares, spywares ou outro tipo de código malicioso. Neste caso o usuário deve estar orientado a não abrir qualquer mensagem suspeita, que não tenha confiança da origem. É preciso manter o antivírus ativo e atualizado para poder identificar e eliminar o risco.

Mantenha os computadores atualizados: Uma das melhores formas proteger seu computador, é aplicar patches e outras correções de software assim que eles se tornam disponíveis. Estando atualizado, você impede que os agressores tirem proveito das vulnerabilidades do software antigo.

Utilize softwares de segurança: São necessários vários tipos de software de segurança para se obter uma segurança on-line básica. Um software de segurança deve apresentar recursos essenciais como programas antivírus e firewall.

Com um bom antivírus, muitas vezes pode bloquear o ataque de 99% dos vírus conhecidos. Ele também pode protegê-lo contra spyware projetado para espionar as ações da sua empresa e roubar seus dados. Ele também o protege de spam indesejável. É importante que se faça varreduras e atualizações diárias para manter os seus computadores e dados protegidos.

Já com a firewall, você impede que os vírus cheguem ao seu computador. O Técnico em Suporte Nível II explica: “Basicamente o firewall funciona como um filtro que fica entre o seu computador e a internet. Como um escudo, ele bloqueia qualquer ação maliciosa.”

 

Faça backups: Criar cópias de arquivos, bancos de dados e sistemas operacionais inteiros é indispensável segurança digital. Os backups permite que gestores tenham a confiança de que, caso de ataque ou falha humana, os seus registros e arquivos serão recuperados facilmente.

Existem várias formas de armazenar seus dados de maneira eficiente como em HDs externos, fitas magnéticas, servidores locais e serviços na nuvem.

O backup através da nuvem (Cloud Computing) se destaca dentro os outros por seu baixo custo, alta escalabilidade e segurança. Esse serviço é oferecido pela Tely, garante conexões seguras, armazenamento criptografado de dados e um valor atrativo. Com uma conexão de internet, é possível contratar uma ferramenta que pode ser acessada em qualquer lugar do mundo para a configuração de uma rotina de backups de segurança.

A segurança é o grande diferencial do Cloud Computing, com ela os arquivos ficam hospedados em um servidor externo, online e a probabilidade de acontecer alguma adversidade é muito menor.

 

MINIMIZE OS RISCOS DE ATAQUES CIBERNÉTICOS

Proteger as informações pessoais ou de uma empresa requer muitas práticas e rotinas. É preciso criar hábitos, investir em treinamentos, processos e equipamentos para minimizar os riscos de um ataque cibernético. É essencial desenvolver consciência sobre os perigos da internet e desconfiar sempre que necessário. Dessa forma, roubos de informações, estelionato ou fraudes financeiras podem ser evitados.

A Tely se preocupa com a qualidade da sua internet. Jean Charlie, conta que a Tely está sempre atenta para fornecer uma internet “limpa”. O cliente pode sempre entrar em contato se estiver diante a um ataque, a Tely assegura tomar as medidas para minimizar os danos.

Para proteger seus dados, esclarecer todas as dúvidas e fornecer os melhores serviços para quem quer segurança, estabilidade e amparo a Tely é a melhor opção. Se interessou pelos nossos serviços? Quer saber mais como proteger suas informações? Entre em contato com nossos especialistas técnicos agora e tenha o melhor serviço para sua empresa: 0800 721 8359.

Fale com o presidente
Canal de Denúncias