Ligamos pra você

Blog

Invenção do telefone – uma experiência que deu certo

A invenção do telefone seria a sorte do acaso ou um acontecimento já traçado pelo destino? Confira nosso artigo e tire suas conclusões.

Invenção do telefone – uma experiência que deu certo

Em 2 de junho de 1875, um dia como outro qualquer, Alexander Graham Bell fazia experiências com um telégrafo harmônico. Ele era um imigrante escocês, professor de surdos e mudos, que vivia nos Estados Unidos e contava sempre com a ajuda do seu fiel ajudante, Thomas Watson. Este ao puxar a corda do transmissor fez o equipamento emitir um som diferente, ouvido por Graham Bell do outro lado da linha.

Esse acontecimento somado à genialidade de Graham Bell foi um fator decisivo para o desenvolvimento das telecomunicações, pois a partir dessa experiência ocorrida entre ele e seu ajudante, o telefone surgiu.

Invenção do telefone de fato

No dia 10 de março de 1876, quase um ano após a experiência que mostrou ser possível realizar o tráfego de voz por meio de um aparelho transmissor, Graham Bell fez a primeira transmissão de voz com o seu novo equipamento batizado de telefone, proferindo essas palavras: “Senhor Watson, venha cá. Preciso falar com o senhor”.
Vale salientar que a invenção do telefone foi patenteada no dia 07 de março do mesmo ano.

Primeira companhia telefônica

Nascida em 1877 e batizada com o nome do inventor, a Companhia Telefônica Bell começou a comercializar o aparelho telefônico. Sua empresa, com o passar dos anos, realizou várias fusões e aquisições, tornando-se, atualmente, na AT&T American Telephone and Telegraph, chegando, também, inclusive, a ser a maior companhia de telefone e operadora de TV a Cabo do mundo, cobrindo 94% da área dos EUA.

Primeiro Telefone do Brasil

“Céus, isto fala”, disse o imperador Dom Pedro II ao verificar o funcionamento do telefone numa exposição realizada na cidade de Filadélfia, nos EUA, no ano de 1876. Encantado, o imperador mandou fabricar o primeiro telefone do Brasil e um dos primeiros do mundo.

Em 1887, o aparelho foi fabricado no país pelas oficinas da Western and Brazilian Telegraph Company. Feito especialmente para D. Pedro II, o telefone foi instalado no Palácio Imperial de São Cristovão, na Quinta da Boa Vista, hoje, o Museu Nacional, no Rio de Janeiro. Ainda no mesmo ano, em 1877, uma linha telefônica foi ativada e ligava ligando a loja O Grande Mágico, na Rua do Ouvidor, ao Quartel do Corpo de Bombeiros.

Invenção e patente contestada

Assim como o caso do avião, há quem conteste a invenção do telefone. Alguns apontam o italiano Antonio Meucci como o verdadeiro inventor do telefone. Essa discussão durou mais de um século e parece ainda não ter tido de fato um fim. Confira mais em no portal Tecmundo 
Graham Bell também teve que lutar na justiça contra Elisha Gray, outro inventor que alegava ter sido a primeira pessoa a criar o telefone. Saiba mais: https://www.todamateria.com.br/historia-do-telefone/

Caso deseje uma linha telefônica, saiba que a Tely tem soluções em telefonia fixa, 0800 e PBX. Entre em contato conosco, que oferecemos a solução ideal para sua residência ou empresa

Fale com o presidente